Gilson Volpato

Ciência & Comunicação

Construindo uma sociedade melhor

Assuma a educação e a ciência como base para nossa sociedade

Origem, importância e direções para pôsteres em congressos

Categoria(s): Redação Científica

Link da Notícia

Comentário do Prof. Gilson Volpato 26/01/2012:

A revista Nature Chemistry publicou comentários sobre os pôsteres em congresso. Os pôsteres substituíram as apresentações orais e permitiram que os congressos conseguissem incorporar maior número de trabalhos, o que atendia a uma demanda que crescia vertiginosamente. Embora isso tenha sido introduzido há décadas, parece que o aprendizado para se construir um bom pôster ainda é precário. Seguir regrinhas não adianta, pois sua confecção depende da criatividade do autor e da compreensão exata da lógica de seu estudo; com isso, incluindo apenas o fundamental e apresentando-o de forma agradável. Os norteamentos dados pelo artigo em questão são fundamentais.

Acrescento: 1) o pôster deve ser tratado como um "letreiro de atração" e uma "lousa para discussão"; 2) leve informações específicas numa pasta para uso, se necessário; 3) Não imagine que o leitor lerá seu pôster... o mais comum é ele parar em frente, olhar algumas coisas, pedir explicações e aí começar a discutir; 4) então, nada de colocar Introdução, nem Discussão, tudo deve ser de rápida apreensão; 5) lembre-se que o mais importante é você conseguir "discutir" com seus colegas (daí a importância de sua presença física no local do pôster - não perca a chance dessa troca de ideias). Com esses referenciais, sinta-se livre para inovar e conquistar a atenção do público... porém, o grande mérito virá da qualidade do conteúdo que seu estudo e de sua formação científica.